Análise Monero

O Monero é uma criptomoeda de código aberto que foca em manter a privacidade, segurança e ter transações indetectáveis. O lançamento inicial do Monero foi feito em 2014 por alguém que era um usuário do fórum do Bitcoin. A criptomoeda era conhecida como “BitMonero”, entretanto, 5 dias após o lançamento, o nome foi mudado para Monero.

Alguns recursos distintos que distinguem o Monero hoje de outras criptomoedas são sua segurança, privacidade e transações anônimas. Os algoritmos criptográficos usados no desenvolvimento do Monero garantem que o expedidor, a quantidade da transação e o endereço do receptor estejam escondidos. O preço do Monero está aumentando constantemente por conta da alta demanda pela alta demanda da criptomoeda. Após o lançamento do Monero em 2014, ele foi cotado e negociado por $1 e continuou assim por anos. O aumento na demanda do Monero foi associado ao aumento no valor do Bitcoin, porém, o Monero foi usado como uma opção de criptomoeda apropriada e confiável quando o Bitcoin enfrentou alguns desafios. 

Assim como outros tipos de criptomoedas, o Monero pode ser comprado em plataformas de negociação onde existe um pareamento de moedas entre o Monero e a moeda fiduciária ou o Monero e a moeda digital. O mercado do Monero também funciona e opera de forma similar a outras criptomoedas. O token do Monero, XMR, passou por um aumento exponencial. Em abril de 2017, o preço do Monero aumentou a uma taxa de 70%, e, após ele ser listado e negociado na Coinmarketcap, o preço aumentou mais de 1300%. O aumento no valor do Monero empurrou o valor de $0,25 em janeiro de 2015 para $60 em maio de 2017. Cada moeda do Monero foi vendida por $10 em 2017, porém no final de 2017, o preço subiu para $350. O Monero foi vendo por $412 no início de 2018. Alguns especialistas de criptomoeda e observadores sugerem que o aumento instantâneo no valor da moeda pode afetar sua funcionalidade negativamente. 

Prós:

  • O Monero hoje é a melhor criptomoeda quando se trata de privacidade. Com a integração de certo algoritmos criptográficos, tais como assinaturas de anel, endereços escondidos e transações confidenciais de anel, a identidade do expedidor, o endereço da carteira do receptor e a quantidade transacionada ficam ocultos. 
  • Transações feitas usando o Monero são mais rápidas que outras criptomoedas. Os usuários não precisam gastar muito tempo esperando pela autorização de transações. 
  • O Monero está listado em várias plataformas de negociação como a Kraken e Huobi, portanto, o Monero pode ser trocado tanto por moedas fiduciárias quanto digitais. Isso implica que o Monero é fungível. 
  • É muito fácil usar o Monero. A aplicação da semente mnemônica de 25 palavras garante que você possa recuperar suas contas com os fundos ainda guardados dentro da carteira. 
  • O sistema do Monero é estável e fácil de usar. Isso ajuda a evitar o ataque de grandes hackers que pode ocorrer por conta da complexidade e incerteza. 

Contras:

  • O sistema ainda precisa ser executado usando linha de comando. 
  • Algumas plataformas de negociação ainda precisam aceitar o Monero e também existem pareamentos limitados de Monero com outras moedas.